segunda-feira, 28 de dezembro de 2015


...que a tranqüilidade de encontrar a paz se torne o reflexo do amor! Um abraço bem apertado e um beijo carinhoso. Obrigada a cada um de vocês que fizeram do meu ano, dias deliciosamente felizes! Salve 2016!(Bandys)

domingo, 20 de dezembro de 2015


  E nós pequenos sonhadores, hoje dormimos  lado a lado em nossos sonhos, como se a vida fosse um doce colchão enfeitados com o prateado das estrelas, e embalados por eternas canções.
Que os desejos da noite de natal permaneçam pousados em todas as delicadezas da vida.  Não se demorem em nada que não faça carinho em suas pálpebras de guardar poesias. Sonhe, dê o seu melhor e seja feliz. 
Deixe o céu empoeirar  de estrelas o teu caminho. Brilhe. 
Feliz natal. (Bandys)




domingo, 13 de dezembro de 2015



Tem dias que preciso arriscar.
Tem dias que o normal não me satisfaz e minha alma pede mais ...
Tem dias que meu corpo me absorve de qualquer crime.
Tem dias que eu não quero a tua paz.
Tem dias que recolho os pedaços de nós e te vejo na cortina dos olhos, pendurados nos cílios e ao fechá-los tudo vira filme, a memória é a tela.
  
que o dia traga os retalhos  da vida, pra eu bordar com fios vermelhos de seda as lembranças tatuadas no avesso da gente. (Bandys)

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015


É preciso florir a vida
Seja de rosa ou margarida
Com a mente sã ou ferida...
A vontade tímida ou atrevida
A mão procurando ou acolhida
A vida certa ou indefinida,
Na entrada e na saída
Sendo santa ou bandida...
Florir a vida da alma
Totalmente agradecida.


...quando recebo uma flor o sorriso aparece,
 quando dou, o perfume entorpece... 
Se plantar faço uma prece. (Bandys)

domingo, 29 de novembro de 2015



Fecundei sentimentos.

Uni nossas almas em poesia

Pra cantar em rimas de amor...

Dançamos em nossos horizontes

Os versos dos nossos caminhos..

E num único lugar o

Amor passeia feliz.

..chegamos pro sabor do nosso encontro 
que vem com gosto de céu e calda de chuva. (Bandys)

domingo, 22 de novembro de 2015


É esta vontade que cedo ou tarde

Não se desfaz não se transforma,

não vai embora, não me deixa em paz.

É uma vontade que vem de dentro de mim

Que ri e que chora que ama e consola

E quando anoitece adormece assim:

Aninhada no meu peito como se refugio fosse.

E mais tarde irá te acordar mansamente e querer

novamente você aqui.

É essa ânsia que me consome de amor.

..é essa vontade dançando  no meu peito que ilumina meu querer.( Bandys)

domingo, 15 de novembro de 2015



Preciso de todas as fantasias
de todas as presenças
do silêncio dos ecos
e das ausências
Que passeiam em mim,

Soprem ventos as minhas metades enfeitadas de nada.
Meus olhos perdidos são achados nos seus. Mãos vazias.
Do fundo, dentro, dentro sopram vendavais, e apenas silêncios
me chegam a alma. Ondas do mar me trazem o dia. E meus lábios
tornam-se inspiração da poesia que meu corpo te dedica. (Bandys)

domingo, 8 de novembro de 2015


Se a gente já não sabe mais rir um do outro, meu bem, então o que resta é chorar. E talvez, se tem que durar, vem renascido o amor. Bento de lágrimas.

Floresço, me dou o direito de sempre renovar, trocar as pétalas fracas já cansadas por outras novas, cheias de vigor, fortes para aguentar os maus tempos da vida. Eu me faço ser colorida, e coloro quem está ao meu redor. Enquanto puder serei flor, serei a delicadeza e o encanto de tudo aquilo que traz vida para a vida. Serei amor. 

Te agradeço  pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou. Pela sua capacidade de me olhar devagar, já que nessa vida muita gente já me olhou depressa demais. Quero brilhar nos teus olhos toda vez que você me olhar flor, cheiro e cor.

Porque o bom é viver para desenhar na vida das pessoas momentos lindos e dignos de serem lembrados para sempre. (Bandys)

domingo, 1 de novembro de 2015



Só o coração guarda a imagem
Do que se foi e não marcou;
Dos sentimentos delicados,
Das alegrias sem pecados.
  
Só o coração relembra e sente
Tudo o que foi breve e inocente,
E o duro tempo que levou...
Risos e flores, sonhos e prantos.
  
Por isso o poeta sofre, sonha
Canta seus cantos e encantos.
Sentindo o poeta leva a vida
Sorrindo ou chorando;
Entre sonhos e alegrias
o poeta segue amando!
  
..meu coração rende-se aos versos do poeta. Eu ainda mando sorrisos aos céus, jogo risadas ao vento,tenho pensamentos bons e nunca... nunca me esqueço de agradecer. (Bandys)

domingo, 25 de outubro de 2015


Vem, tira minha roupa, desvia minha concentração...
Mistura em mim teu cheiro teu corpo...
Beija minha boca... Acolha meu coração.
Procure minha língua dance sob os sons dos meus sons
Deita sobre meu peito... Percorra meu ventre
Liberta minhas vontades, passeie nos meus prazeres...
Diga seus sons, fale loucuras
Murmure sua canção

Desfruta minha paixão... Abraça meu corpo inteiro.
Desperta meus instintos... Libera minha algazarra
Renda-se à sedução... Quero ser a sua farra
A maior das ousadias... A sua alucinação
Somos gozo e explosão... Fica dentro de mim
Nosso carinho, nosso amor, nosso tesão!

São nos pedaços perdidos de mim que te acho
te guardo pra nunca mais devolver..(Bandys) .

sábado, 17 de outubro de 2015



Hoje quero ouvir o meu silêncio..
escutar meu coração que se rendeu aos meus gritos.
Quero ficar em silêncio para sentir o barulho da lágrima
que nasceu nos meus olhos, passeou pelo meu rosto
brincou pelos meus lábios e se aconchegou no coração.

Quero ficar em silêncio para ouvir meu coração voltar...
ficar em silêncio pra pensar em você porque
senti falta de mim. Somente em silêncio.
Quero ficar em silêncio pra sentir meu coração pulsar...

 ...é a lágrima que vem regar o jardim do meu amor.(Bandys) 

domingo, 11 de outubro de 2015


O pensamento me habita a hora que ele quer e a hora que eu deixo, Mas não existem combinados, não há contratos, Nem despejos.. Tem na intimidade com meus interiores às vezes contra mim, em outras ao meu favor.. Me Trai porque conhece o meu avesso, os meus desejos escondidos. Entra de várias formas, na viagem da minha alma. Atravessa meus segredos. Despe-me com palavras e gestos..Quando na madrugada em claro afasta qualquer ponto de escuridão. (a.d) Bandys


domingo, 4 de outubro de 2015


Sorriso
Quando o céu ficar escuro, à noite sem lua, e você
sem riso... Farei o que for preciso, mesmo sem juízo,
de improviso só pra ver o seu sorriso.

Pegarei leve, sem estresse, deixarei o vento levar
Ficarei o tempo que for preciso, querendo seu alegrar.
Não precisa dizer nada, basta ficar contente, me fazer confidente...
E quando a vida me derrubar algumas vezes, teu sorriso fincará
meus pés no chão.

E eu te consagrarei campeão dentro do meu coração.
E se mesmo assim seu sorriso não brotar
Cobrir-me-ei de letras, brincarei com as palavras,
Serei tua  poesia.

Só pra te ver sorrir, teu céu colorir, meu corpo conduzir
Só pra ser tua lua, nua, sorrindo na madrugada.
Só pra ser tua.
 ...preciso do seu sorriso para ser feliz. (Bandys) ♥

sábado, 26 de setembro de 2015


São meus pés no chão
Na terra batida
No ar o cheiro de chuva.

São minhas mãos carentes
De toques decentes
Dos pingos desfeitos
escorridos no meu corpo ausente.

São pedaços de mim, ilusão
Indecentes pedaços
Com gosto de solidão.

São meus pensamentos trêmulos
Silêncio gritante
Morrendo dentro de mim, sufocante..

São minhas sementes
Brotando minhas esperanças
Nascendo feito jasmim...
Comovente, enfim.

..Os tons de laranja repartem o sol que me beija os sonhos...(Bandys)♥

sexta-feira, 18 de setembro de 2015



"Coragem, às vezes, é desapego. É parar de se esticar, em vão, para trazer a linha de volta. É permitir que voe sem que nos leve junto. É aceitar que a esperança há muito se desprendeu do sonho. É aceitar doer inteiro até florir de novo. É abençoar o amor, aquele lá, que a gente não alcança mais." (Ana Jácomo)
Bandys♥

sexta-feira, 11 de setembro de 2015


 É esquisito que teu nome sempre me soe uma prece, uma invocação sagrada e solene, que contém em si um segredo místico viajando pelo tempo, como se trouxesse consigo o desejo implícito dessa maneira única com que moves as mãos, com que abres a boca, com que recostas teu corpo, com que deixas o riso fugir pelos olhos. É estranho que teu nome sempre me soe uma promessa e um dom, como se bastasse pronunciá-lo para que a vida abra uma porta secreta, para que se insinue um milagre prestes a ser, eu assim em ti, simplesmente em teu nome. Basta teu nome...(Ticcia) (Bandys)♥

sexta-feira, 4 de setembro de 2015



A gente pode decidir por muitos caminhos nesta vida...uns mais fáceis, outros bem mais complicados...e diante de tantas escolhas, é preferível ir prosseguindo pelo caminho das doçuras, dos sorrisos, do olhar mais terno que conseguirmos...indo
devagarinho, nas esferas possíveis da esperança, do otimismo, do que desperta o Bem. Então, vamos deixando assim mesmo né? No nosso passinho leve, de quem sabe que daqui só se leva um punhadinho de carinho... um restinho de perfume...um tantinho de sonho...um nadinha de nada ao menos, de emoção...(a.d.)

...um momento de reflexão que reflete o meu momento.(Bandys)♥

sexta-feira, 28 de agosto de 2015



Floresceu noite e dia o nosso amor
gerado após um inverno triste.
Floresceu em nuvens de rendas,
floresceu com delicadas flores.

As rosas das manhãs
vinha-nos perfumar, 
em dias de sol
nos de chuva enfeitar.
Jogadas em nossos pés,
como se fossem tapetes.

Quando a noite chegou
fiz uma declaração
num riscado de cores, de tintas,
de luzes, de sons e de danças.

Segurei sua mão e esperei
a lua nascer, as estrelas apontarem,
nossos olhos se cruzaram...
com uma visão perfeitamente bela,
leve, sem falas...em silencio.

Nossa menina dos olhos
grudadas, fixas, namoradas..
uma força crença,
iluminou nossas almas com
clarões arrebatadores de amor..
Simplesmente amor.

..sem falas, só com nossos olhos, nossos cheiros, nossos desejos,
floresceu o amor em um doce jardim. (Bandys)

sábado, 22 de agosto de 2015


Cheguei despida.
Aproximei-me de ti
Só a alma me vestia
e um pouco de amor,
Nos olhos, um pequeno sonho
Na boca, a sede do gosto doce de mel
Nas mãos, uma dor que escorria,
No corpo a paixão que envolvia
Murmurei baixinho ...
Cheguei igual magia
Cheguei pra ficar...

...no mundo o meu universo concentrava
esse momento somente em você! (Bandys) ♥

sexta-feira, 14 de agosto de 2015



Porque te amo, costuro a alma com amor nos trespasses de viés e fitas, nos cetins e arremates, bordando tramas de doçuras onde poderia se ler teu nome do avesso. As sedas da vida se fazem no escuro. Nos braços a memória do teu corpo me refaz mais pronta e mais inteira. Minha caixinha de guardados desde sempre tinha suas coisas. Espero vestida por tuas mãos o tempo de nos desnudarmos e nos vestirmos um do outro.

...meu amor se veste de você, e você de mim. (Bandys)♥

sexta-feira, 7 de agosto de 2015


Amo quando chega à madrugada,
Ouço o som da noite...
Sento na lua, quieta parada
Apenas ouvindo...
Escuto a respiração da terra,
Pulsando o coração do mundo.
É um som misterioso,
Tem algo de enigmático...
É o som do universo!
Dentro de mim faz eco
Som que me encanta, me instiga...
Me faz perguntas
E não possuo respostas.
Continuo assim quieta, parada
Quase sem respirar...
Segurando a lua,
Esperando... Ouvindo...
O respirar da Terra,
O pulsar do silêncio,
O som do mundo... 

...ouço beijos madrugantes...é do meu amor..
chegam com o brilho do luar. (Bandys) ♥

sexta-feira, 31 de julho de 2015



Como escrever pra você
Um poema simplesmente?
Preciso sonhar!Amar...
Preciso viver!
Transformar sonhos
Em vivências...
E depois saudade.
Sonhos!
Escrevo sonhos
Que viram saudade,
Escrevo sonhos
Que nunca foram verdade..

..pra toda vida nossa amizade,
Cumplicidade, suavidade... (Bandys)

sexta-feira, 24 de julho de 2015



Ah, como ser tanta emoção
Na harmonia do abraço
E ser somente esse laço
Num continente de afeto?

O corpo completo sente
Presente ou ausente
Que repleto não se cabe
De tudo que se sabe?

É o coração em despejo
É a lágrima em seu trajeto
Que zelosa evita o lábio
Para não salgar o beijo.(Lenine)


...e continuamos sonhando com o que é delicioso.o doce do beijo.O coração em festejo. O perfume do corpo..(Bandys)

domingo, 19 de julho de 2015


VEM COMIGO, no caminho eu te explico...

Se for pra esquentar, que seja no Sol;
Se for pra enganar, que seja o estômago;
Se for pra chorar, que se chore de alegria;
Se for pra mentir, que seja a idade;
Se for pra roubar, que se roube um beijo;
Se for pra perder, que se perca o medo;
Se for pra cair, que seja na gandaia;
Se for para haver guerra, que seja de travesseiros;
Se existe fome, que seja de amor;
Se for pra ser feliz, que seja o tempo todo!!!
 ♥
Quanto mais me elevo, menor fico aos olhos de quem não sabe voar. (F. Nietzsche)

sábado, 11 de julho de 2015


Anjo, é nos teus braços
Que a luz fraca entra pela janela.
Entardecemos com segredos
Movidos pelo amor;
Na cumplicidade das nossas falas
Sussurramos coisas simples que a
Vontade desenha em silabas. Quando a
Noite chega vem os desejos à flor da pele.
Numa mágica de gestos colhemos sorrisos
Tão permitidos pelo nosso amor.

Sem que o tempo volte, sem que as lembranças magníficas
já vividas se repitam. Só quero novas histórias de amor. (bandys)

sábado, 4 de julho de 2015


Te amo assim
Sem enfeites nem disfarces
sem mascaras ou molduras
ungida pela doçura.
Cabelo escorrido pelos ombros,
olhos brilhantes de alegria e vontades 
bordando nossas metades 
com amor, dança e harmonia.
Como se tivesse descido do céu
uma nuvem pintada de véu
que nos envolve (e)ternamente.

..para teus sonhos, dou as minhas asas, 
e renasço deusa todos os dias..(Bandys) ♥

sábado, 27 de junho de 2015


Arde na terra a solidão da lua
Iluminando meu olhar perdido em nossas histórias!
Entre campinas, abismos, flores e chapadas..
Meus olhos queimam a última lembrança.
Como fogueira em noite de estrelas
Me deito só e com você, com vista para o mundo
Calo fundo meus sonhos, minhas queixas e meus furos.
Mas alço voo em busca de teus passos, do teu voo.
Piso descalça na terra do teu corpo..
Suave passo, suave gosto, cheiro de mato
Meu braço laço te lança em segredo ser meu canto,
meu verso, meu soneto, meu amor.
Vem ser poema no árido deserto
Serei oásis, silêncio, festejo
Serei sertão nas horas de aconchego..
Serei silêncio no grito de amor. 

...serei pra ti todos os desejos que existem em mim..
serás para mim meu único desejo e fim! (Bandys)

sábado, 20 de junho de 2015


O melhor teu você me deu... sua poesia em forma de canção, que faz o coração arder e embaçar a visão pelas lágrimas que brotam naturalmente quando entendo o que pretendes. Trazer alegria e amor. 
Depois de todas as palavras, depois de alguns sorrisos, depois de sentir o gosto de nossas lágrimas, essencialmente passo a entender as minhas necessidades, delas, a maior de todas é ter você.

Porque o bom é viver para desenhar na vida das pessoas momentos lindos e dignos de serem lembrados para sempre. (Bandys) 

segunda-feira, 15 de junho de 2015


A delicadeza do amor... Ser delicado é possuir alma de criança,
É acreditar... É se emocionar ao ouvir o som da vida,
É conversar com as paredes... É sentir a pureza de uma flor,
e se envolver no seu perfume...

É ouvir o cantar dos pássaros e se transportar ao sonho...
Admirar a liberdade das borboletas, seu colorido e a
suavidade de seu toque nas flores...

Ter a esperança do vento falando de amor aos meus ouvidos
É a conquista, é a vontade, é a luta,
É perceber na musicalidade da chuva, a terra batida...
E ver a natureza impondo limites a humanidade...

Entender que as nuvens negras passam, e ao amanhecer,
nasce o sol com seus raios coloridos, aconchegantes,
No colo, o dia pra viver... Voo. Voo livre.

..ser livre é ter tempo para as coisas que se ama. (Bandys) ♥

quinta-feira, 11 de junho de 2015

 
Embriagam-me os beijos, os cheiros, os carinhos e os olhos.
Ouço os nossos soluços, os nossos silêncios gritantes..
A despedida desmedida em poesia, escrita em nossos
corpos e mentes.... Grudadas em nossas retinas paralisadas,
mesmo distantes..

Encanto dos nossos corpos dançantes,
Sem querer separar-se.
Silêncios e soluços.. Nossos calmantes.
Apenas palavras soltas, cambaleantes..

O beijo silenciado, selando nossas lágrimas.
Ficamos assim, mudos, emocionados, abraçados..
A lua lá fora teimosamente brilhante
Encerra nossa noite errante..


..e sem licença, acertadamente, adormeço
 nos braços teus, deliciosamente. (Bandys) ♥

♥Feliz dia dos Namorados! ♥

sexta-feira, 5 de junho de 2015


Conheço os fracassos de mim,
das tentativas errôneas que
eu claramente consigo criar..
Das cicatrizes fechadas que precisei costurar.
Do coração quase parado que ordenei palpitar.
Dos olhos sem vida que ousei gostar.
Do choro caído, engolido noticiei soluçar,
Do corpo tremido jogado onde fui me tocar..
Da prisão da alma que vi lastimar
Da entrega total pra me soltar.. Libertar.

..hoje conheço minhas virtudes e liberdades que o amor
brotou no meu despertar.(Bandys)